Mais e mais pessoas estão sendo engolidas por dívidas. Tenho certeza que você já leu ou ouviu muitas histórias e estatísticas.

Uma das chaves para a independência financeira é conseguir se livrar das dívidas ruins e adquirir dívidas boas. Mas como assim? Dívida e dívida, negativo nesse post vou ensinar uma fórmula utilizada por Kim Kiyosaki e Robert Kiyosaki para saírem da pobreza e se tornarem grandes empresários, Kim Kiyosaki e Robert Kiyosaki

dedicam a vida a ensinar as pessoas a como administrarem seu dinheiro através de diversos livros, dentre um deles “Pai Rico e Pai Pobre” que ficou na lista dos livros mais vendidos do The New York Times por quase seis anos, Robert Kiyosaki é investidor, empresário e educador.

A dívida ruim prejudica a vida financeira e destrói a credibilidade do cidadão ela deixa você mais pobre, como dívida de cartão de crédito, empréstimo de carro, finais de semanas prolongados com a namorada e amigos, noites em baladas, roupas de grife, despesas de boteco, e todo tipo de compras supérfluas.

Uma Boa dívida é a dívida adquirida para agregar valor. O melhor exemplo de boa dívida é um financiamento de um imóvel onde a propriedade será de aluguel e todo mês você recebe esse aluguel que irá ajudar a pagar o empréstimo, no final do financiamento você terá pagado grande parte do imóvel com o seu aluguel, e agora com o empréstimo pago tem um imóvel com um aluguel gerando renda para você todo mês. Uma Boa dívida é a que você cria para colocar dinheiro em seu bolso.

 

Agora que você entende o que e uma divida boa e uma divida ruim fique com a fórmula que Robert e Kim seguiram para pagar suas dívidas. Você descobrira que se seguir esta fórmula estará fora das suas dívidas muito mais rápido do que você imagina. A maioria das pessoas se livra das dívidas dentro de 5 a 7 anos. A chave é usar a fórmula. Você não vai chegar lá se vive dizendo coisas como: “Vai ser apenas este mês”, e depois dois, e depois três. Se você usar a fórmula, e tornar um hábito o seu uso você irá utilizar para o resto da sua vida.

Aqui está a fórmula:

Passo 1 – Pare de acumular dívidas incobráveis. Tudo o que você compra através de cartões de crédito deve ser pago na íntegra no final de cada mês. Sem exceções.

Passo 2 – Faça uma lista de todas as suas dívidas de consumidor (ruim). Isto inclui cada cartão de crédito, empréstimos de carro, empréstimos para melhorias da casa, e quaisquer outras dívidas ruins que você adquiriu.  Você pode até incluir o empréstimo da sua casa na lista.

Etapa 3 – Ao lado de todos os itens listados, faça 3 colunas:

– Valor devedor

– Pagamento mensal

– Número de meses

Digite os números em cada coluna. Para chegar ao valor total devido, basta multipicar o número de meses pelo pagamento mensal.

Passo 4 – Com base apenas no número de meses comece a classificação de cada dívida. Coloque “1” ao lado do menor número de meses, “2” ao lado do segundo número mais baixo e continue até o maior número de meses. Esta é a ordem que você pagará suas dívidas.

Obtenha sua primeira vitória!

A razão pela qual você vai começar com a dívida com o menor número de meses é que você precisa ter sua primeira “vitória” ou sucesso neste processo o mais rapidamente possível. Uma vez que você começa a acabar com as dívidas verá que valeu a pena, é começará a ver a luz no final do túnel.

Passo 5 – Consiga um adicional de R$ 150 a R$ 200 por mês. Se você fala sério sobre sair das dívidas e, mais importante, tornando-se financeiramente livre, então gerar esse dinheiro extra não será difícil. Para ser sincero, se você não pode gerar um adicional de R$ 150 por mês, então suas chances de se tornar financeiramente independente são difíceis.

Passo 6 – Pagar o valor de cada dívida que você listou EXCETO para a que marcou com “1.” Sobre este primeiro débito a ser pago, você pagará o valor devido, mais o adicional de R$ 150 a R$ 200. Continue fazendo isso a cada mês até que sua primeira dívida seja paga. Apague essa primeira dívida da sua lista.

Passo 7 – Parabéns!

 

Passo 8 –  Pague o valor devido de cada dívida que você tem, exceto para a que você marcou com “2.” Sobre esta dívida, você pagará o valor devido, mais o valor total que você estava pagando da sua primeira dívida. Por exemplo, se a dívida #1 o valor devido foi de R$ 40 e você adicionou R$ 150, então você estava pagando um total de R$ 190 por mês. Na dívida # 2, se o valor devido é de R$ 50, você agora pagará R$ 50 mais R$ 190 um total de R$ 240 por mês.

Depois que uma dívida é liquidada, em seguida, você soma o valor que estava pagando sobre essa dívida e adiciona ao valor devido da sua próxima dívida para obter o seu novo pagamento mensal. E ficará surpreso com rapidamente seus cartões de crédito, empréstimos, etc são pagos.

Continue este processo até que todas as dívidas incobráveis em sua lista sejam pagas.

Passo 9 – Neste momento, o valor mensal que você estará pagando na sua última dívida é provável bastante substancial. Continue pagando essa quantia todo mês. Agora em vez de pagar dívidas – você paga a si mesmo com apenas um tipo de compra: ativos que lhe darão renda a cada mês. Assim você estará fora da Corrida dos Ratos mais rápido do que você já sonhou!

Categorias: Metas

7 comentários

LUCIANA CONCEIÇÃO DE JESUS · 11/11/2018 às 8:59

Muito útil esse artigo!

    TBravo · 12/11/2018 às 13:09

    Obrigado pelo seu comentário.

Celina · 11/11/2018 às 22:54

E quando a gente tem que pagar dívidas da família do filho desempregado? como despesas com alimentos, aluguel
, farmácia, etc.E pagar dívida do marido que fez em seu nome. Como fica nessa fórmula? Simples falar quando não se tem ninguém pra ajudar, né? ??

    TBravo · 12/11/2018 às 13:20

    Olá Celina tudo bem, sei como você se sente, Pois também já me senti assim sufocado com as dividas, nada que fazia dava certo, mas a fórmula que o Robert Kiyosaki nós ensina e somente um norte, um rumo a seguir, e se você a colocar em pratica vai perceber que ela pode te ajudar a sair dessa crise, siga ela passo a passo e vai perceber que funciona, essas dividas que você adquiriu do seu filho e marido e o que o Robert chama na fórmula de dívida ruim então essas que você terá que acabar primeiro antes de prosseguir no processo da formula, seu filho esta desempregado, então siga uma das dicas do Robert procure uma forma de ganhar um dinheiro extra, vendendo coisas que não usa mais, fazendo algo para que ele possa vender, o importante e dar o primeiro passo na direção correta, lembre-se tudo começa com o primeiro passo.

Maria José · 22/11/2018 às 21:47

Como fazer para seguir este modelo de solução das dividas.vou começar hoje, porque

Beatriz · 01/12/2018 às 21:15

E pensar que estou precisando de solução em Real e não em conselhos.

    TBravo · 13/12/2018 às 0:23

    Oi Beatriz, do que vc esta precisando? Talvez possa ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *